Search
Dicas para o Projeto de Maquete

7 Dicas Importantes para um Projeto total de maquete

0 Flares 0 Flares ×

Ao planejar seu traçado, observe certas regras básicas:

1 – As operações de manobra e circulação de trens devem ser balanceadas. Não fica bem um traçado só de “voltinhas”, como não fica bem um traçado só de manobras.

2 – Não coloque excesso de linhas em pouco espaço. Deixe lugar livre para paisagem, pontes etc. A mini-ferrovia é um conjunto, onde o trem tem participação majoritária, mas nunca a totalidade.

3 – É necessário prever espaços vazios (buracos), através dos quais você possa alcançar todos os pontos da maquete. Este acesso é importante, não só durante a construção, como para futura manutenção. Na medida do possível, evite que estes buracos de acesso obriguem-no a circular por baixo da maquete, agachado, de forma incômoda. Maquetes em forma de “L”, “U”, “E” etc. dão essa possibilidade pois, sendo totalmente abertas, permitem que se circule livre e comodamente ao redor de todas as partes. A distância máxima ideal, que se pode atingir para trabalhar sem cansaço, é de aproximadamente 80 cm, dependendo da estatura do modelista, e da altura do tablado.

4 – Dê “movimento” ao seu traçado, evitando muitas curvas em ângulo reto (90°), retões, raios de curvatura sempre iguais etc. Isso é quase impossível, quando se usa grades rígidas; mas são erros graves, quando se usa grades flexíveis. Retões paralelos às bordas do tablado são à maquete um “ar de brinquedo”. Varie os raios das curvas, adotando um raio mínimo de 50 a 60 cm, sempre que usar grades flexíveis e tiver espaço suficiente.

5 – Planeje a linha de tal forma que os primeiros planos da maquete estejam sempre em nível mais baixo do que os Últimos. Assim, o cenário ficará sempre mais alto, em direção ao fundo da maquete. Esta solução proporciona à mini-ferrovia um aspecto de maior grandeza.

6 – Deixe sempre uma certa distância entre a borda do tablado e a linha mais externa, de forma que possa ter um pouco de cenário ao longo do contorno da maquete. O trem passando pela beirada da mesa fica empobrecido, ao passo que fica mais real passando ao longo de uma faixa decorada com árvores, pedras etc.

7 – Não abuse dos muros de arrimo e das muralhas de pedra. Afaste, umas das outras, as linhas que estão em níveis diferentes, de forma que haja um pequeno declive de terreno regular, entre umas e outras. Os muros de arrimo de pedra dão graça à maquete, mas é preciso não exagerar.




4 comentários para “7 Dicas Importantes para um Projeto total de maquete

  1. Durval Pinheiro

    Boas as dicas. Seria interessante tbm o site avaliar lojas de material de ferreomodelismo para uma orientação legal aos iniciantes.

  2. MARCIO ANTUNES GUIMARAES

    EM BELO HORIZONTE E DIFICIL VOCE ACHAR ARVORES GRAMA ETC PRONTOS PARA COMPRAR É MUITO DIFICIL APESAR QUE E GOSTOSO FAZER E MUITO LEGAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×