Search

Miniatur Wunderland, o maior país em miniatura do mundo

0 Flares 0 Flares ×

Miniatur Wunderland, pouca gente sabe, é simplesmente a maior atração turística da Alemanha. Localizada em Hamburgo, no norte do país, trata-se de um enorme e movimentado país em miniatura, a maior estrutura de modelismo do mundo e composta por uma infinidade de detalhes: são milhares de cenas cotidianas, com seções inspiradas em diferentes regiões alemãs e países como os da Escandinávia e mais Suíça, França, Itália e Estados Unidos.

A maior parte dos quatro pavimentos desse mundo miniatura que faz o encanto de adultos e crianças é trespassada por linhas de trem, com nada menos que 14.450 vagões, mas aqui os carros (8.850 unidades), barcos, navios, aviões e bicicletas também têm movimento. São tão deliciosos os detalhes, que a cada 41 minutos fica registrado, através da iluminação, um dia normal de 24 horas.

Neste paraíso em miniatura estão registradas diversas cenas com animais, com zoológicos e bandos de animais em diversas situações; cenas com crianças; incêndios combatidos por bombeiros; acidentes de carros – aliás, a “brinquedorama” toda conta com 1.270 sinais de trânsito. Há casais namorando; há casais em situações mais quentes que um simples namoro; há homens, de diversas profissões, trabalhando; há jogos de futebol em estádios e um pesado trânsito nas ruas.

A coisa toda nasceu com uma viagem de Frederik Braun e sua mulher à cidade alpina de Zurique, na Suíça, em julho de 2000, quando a visita a uma loja ferromodelismo trouxe de volta um sonho infantil de Frederik. A ideia começou a tomar forma, e ele procurou o irmão: “Vamos construir a maior ferrovia de modelismo do mundo”. Não foi prontamente levado à sério pelo irmão, mas seu entusiamos e persistência levaram Gerrit à imaginar os custos e a viabilidade técnica do sonho de Frederik.

O resultado é que, onze anos depois, a Miniatur Wunderland só tem crescido. Começou com apenas duas seções e hoje são dez, com mais algumas planejadas até 2014. Com 250 pessoas envolvidas, 580.000 horas de trabalho e 12 milhões de euros de investimento, a operação toda utiliza mais do que peças e produtos eletrônicos, pois a escala de toda a estrutura, 1:87, requer mais de 150 sequências de interruptores feitos sob-medida.

A oficina, onde tudo e cada coisa desse maravilhoso mundo em miniatura é construído, é uma atração à parte: é aberta ao público, que pode, não só observar técnicos e modelistas em ação, como ainda tem suas perguntas prontamente respondidas. Apesar de considerar que esse sistema não é exatamente o mais produtivo, é mais uma oportunidade que o visitante tem de se apaixonar de vez pela atração.

Visitar o site oficial

Veja fotos:

Veja o vídeo oficial:

Coluna do Ricardo Setti - Revista Veja







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×